Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contador D'Estórias

Um blog com estórias dentro.

Contador D'Estórias

Um blog com estórias dentro.

Sab | 20.06.15

A Morte, A Vida E Outras Entidades

Carina Pereira
Este será talvez o penúltimo capítulo desta história que eu publicarei aqui. Introduzo mais uma personagem e estão quase todas apresentadas. Agora, era bom que eu desse corda aos dedos e recomeçasse a escrever esta história com mais pressa, ou não estará pronta antes do prazo que eu  tinha colocado a mim mesma, que era o final deste ano. E não é por falta de ideias, sei perfeitamente onde esta história tem de ir. É mesmo por preguiça, essa inércia que nos prende ao (...)
Sab | 20.06.15

A Morte, A Vida E Outras Entidades

Carina Pereira
Este será talvez o penúltimo capítulo desta história que eu publicarei aqui. Introduzo mais uma personagem e estão quase todas apresentadas. Agora, era bom que eu desse corda aos dedos e recomeçasse a escrever esta história com mais pressa, ou não estará pronta antes do prazo que eu  tinha colocado a mim mesma, que era o final deste ano. E não é por falta de ideias, sei perfeitamente onde esta história tem de ir. É mesmo por preguiça, essa inércia que nos prende ao (...)
Sex | 15.05.15

A Morte, A Vida E Outras Entidades

Carina Pereira
Tenho vindo a escrever esta história com vagar, mas de forma consistente. Por estranho que possa parecer, têm até surgido personagens quase sem eu as adivinhar; vêm assim sem pré-aviso e eu não tenho outro remédio senão aceitá-las.Neste momento estou a trabalhar no capítulo doze, mas os capítulos são pequenitos porque cada capítulo é uma personagem, e as coisas ainda estão a começar a acontecer.Deixo aqui o terceiro capítulo para já, que é um bocadinho mais longo que os (...)
Sex | 15.05.15

A Morte, A Vida E Outras Entidades

Carina Pereira
Tenho vindo a escrever esta história com vagar, mas de forma consistente. Por estranho que possa parecer, têm até surgido personagens quase sem eu as adivinhar; vêm assim sem pré-aviso e eu não tenho outro remédio senão aceitá-las.Neste momento estou a trabalhar no capítulo doze, mas os capítulos são pequenitos porque cada capítulo é uma personagem, e as coisas ainda estão a começar a acontecer.Deixo aqui o terceiro capítulo para já, que é um bocadinho mais longo que os (...)
Sab | 18.04.15

A Morte, A Vida E Outras Entidades

Carina Pereira
Finalmente a minha estória tem um título!Depois de semanas sem saber que nome dar ao que provisoriamente chamei de "A Estória Da Morte," esta semana, enquanto trabalhava e pensava sobre tudo isto, o nome surgiu.Todas as publicações referentes à história serão etiquetadas com o título da mesma daqui para a frente. E, por causa disso, aqui fica mais um capítulo, que apresenta mais uma personagem. Qualquer capítulo poderá estar sujeito a edição.*Prólogo  (...)
Sab | 18.04.15

A Morte, A Vida E Outras Entidades

Carina Pereira
Finalmente a minha estória tem um título!Depois de semanas sem saber que nome dar ao que provisoriamente chamei de "A Estória Da Morte," esta semana, enquanto trabalhava e pensava sobre tudo isto, o nome surgiu.Todas as publicações referentes à história serão etiquetadas com o título da mesma daqui para a frente. E, por causa disso, aqui fica mais um capítulo, que apresenta mais uma personagem. Qualquer capítulo poderá estar sujeito a edição.*Prólogo  (...)
Dom | 12.04.15

A Estória Da Morte - Capítulo Um

Carina Pereira
No mês passado comecei a escrever uma história, provisoriamente chamada de "A Estória Da Morte." Títulos são difíceis e não sei realmente que nome dar a esta narrativa, por enquanto vou-me referir a ela desta forma.Estou a escrever os capítulos por personagens, são capítulos pequenos, e como tinha prometido ir partilhando aquilo que vou escrevendo, aqui vai mais um excerto, desta vez do primeiro capítulo. Poderei fazer revisões mais tarde, mas para já terminei-o assim.Estou (...)
Dom | 12.04.15

A Estória Da Morte - Capítulo Um

Carina Pereira
No mês passado comecei a escrever uma história, provisoriamente chamada de "A Estória Da Morte." Títulos são difíceis e não sei realmente que nome dar a esta narrativa, por enquanto vou-me referir a ela desta forma.Estou a escrever os capítulos por personagens, são capítulos pequenos, e como tinha prometido ir partilhando aquilo que vou escrevendo, aqui vai mais um excerto, desta vez do primeiro capítulo. Poderei fazer revisões mais tarde, mas para já terminei-o assim.Estou (...)
Qui | 19.03.15

O Homem Que Não Queria Morrer... Morreu

Carina Pereira
Ou, pelo menos, está comatoso.Lembram-se de, há uns tempos atrás, eu ter feito um post, este post, a explicar que queria escrever um "livro" este ano? Pois bem, de boas intenções estava esta intenção cheia. Não passei do prólogo desta história. Lá dei voltas à cabeça e tinha uma ideia vaga do que queria fazer com a história, mas acabei por desistir. (...)
Qui | 19.03.15

O Homem Que Não Queria Morrer... Morreu

Carina Pereira
Ou, pelo menos, está comatoso.Lembram-se de, há uns tempos atrás, eu ter feito um post, este post, a explicar que queria escrever um "livro" este ano? Pois bem, de boas intenções estava esta intenção cheia. Não passei do prólogo desta história. Lá dei voltas à cabeça e tinha uma ideia vaga do que queria fazer com a história, mas acabei por desistir. (...)
Dom | 11.01.15

O Homem Que Não Queria Morrer

Carina Pereira
Este ano gostava de escrever um "livro." Coloco a palavras entre aspas porque não sou assim tão ambiciosa. Estou a fazer isto por mim, para provar que consigo. Já há tanto tempo que não escrevo histórias originais extensas que não sei até que ponto sou capaz de levar uma avante.Para já tenho uma ideia. Várias ideias. Sem estrutura, apenas com um início e fim, pois é assim que todas as minhas histórias começam. Surgem também primeiramente pontos chave, e tenho de descobrir (...)
Dom | 11.01.15

O Homem Que Não Queria Morrer

Carina Pereira
Este ano gostava de escrever um "livro." Coloco a palavras entre aspas porque não sou assim tão ambiciosa. Estou a fazer isto por mim, para provar que consigo. Já há tanto tempo que não escrevo histórias originais extensas que não sei até que ponto sou capaz de levar uma avante.Para já tenho uma ideia. Várias ideias. Sem estrutura, apenas com um início e fim, pois é assim que todas as minhas histórias começam. Surgem também primeiramente pontos chave, e tenho de descobrir (...)