Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contador D'Estórias

Um blog com estórias dentro.

Contador D'Estórias

Um blog com estórias dentro.

Dom | 06.12.15

Cuca Roseta: Eindhoven Aplaudiu De Pé

Carina Pereira
Neste mês de Dezembro de 2015, Cuca Roseta tem andado em digressão pelo Benelux, apresentando ao público o seu último trabalho discgráfico, Riû. Acompanhada pelos seus músicos, de 1 a 11 de Dezembro, Cuca percorre várias cidades; a tour teve início em Deventer, mas passa ainda por Tilburgh, Gent, Eindhoven, Utrecht, Groningen, Vilvoorde e Bruxelas, terminando em Amsterdão. No dia 4 de Dezembro foi a vez de Eindhoven ser brindada com a presença da fadista. O Muziekgebouw Eindhoven (...)
Sab | 03.10.15

Marco Rodrigues: Gent Rendeu-se Ao Fado

Carina Pereira
Às 20h00 do antepenúltimo dia de espectáculos do Gent Festival van Vlaanderen, já no hall do teatro de Gent ecoavam conversas cruzadas e, de bilhete na mão, as pessoas amontoavam-se, à espera que lhes dessem entrada. O concerto começaria dali a meia-hora, e os Belgas são pontuais. A sala encheu depressa; uma sala bonita, com três balcões, cadeiras (...)
Dom | 20.09.15

Joana Amendoeira: Fado Com Doçura Em Maastricht

Carina Pereira
Roubando parte das palavras do inesquecível Vasco Santana, e alterando-as como me convém, "Fadistas há muitos!", e para todos os gostos. Tantos que eu, ainda jovem neste meu amor pelo Fado, lá os vou descobrindo aos poucos. Joana Amendoeira, conheci-a através do disco Brincar aos Fados. Tem uma voz melodiosa, que acompanha a expressão carinhosa com que se apresenta ao (...)
Dom | 20.09.15

Joana Amendoeira: Fado Com Doçura Em Maastricht

Carina Pereira
Roubando parte das palavras do inesquecível Vasco Santana, e alterando-as como me convém, "Fadistas há muitos!", e para todos os gostos. Tantos que eu, ainda jovem neste meu amor pelo Fado, lá os vou descobrindo aos poucos. Joana Amendoeira, conheci-a através do disco Brincar aos Fados. Tem uma voz melodiosa, que acompanha a expressão carinhosa com que se apresenta ao (...)
Dom | 28.06.15

Tudo Isto Existe, Nada Disto É Triste, Tudo Isto É Camané!

Carina Pereira
Os músicos entram em palco pouco passa das 21h00. Abarcam os instrumentos com familiaridade - José Manuel Neto na guitarra Portuguesa, Carlos Manuel Proença na viola de Fado e Paulo Paz no contrabaixo - e o público aguarda, rostos espectantes a meia-luz. A escuridão cai sobre a sala, como uma cortina que encerra a peça, e eis então que esta começa.A voz de Camané, sem instrumentos que a acompanhem, envolve tudo, véu acapella que desliza com certeza sobre o tema Complicadíssima Teia. O silêncio absoluto não se quebra, permanece até que Camané termina e a claridade regressa, acompanhada por um rugir de palmas. Isto é espectáculo.Já Carlos do Carmo disse que existe em Camané o Fado, uma postura que não se consegue (...)
Dom | 28.06.15

Tudo Isto Existe, Nada Disto É Triste, Tudo Isto É Camané!

Carina Pereira
Os músicos entram em palco pouco passa das 21h00. Abarcam os instrumentos com familiaridade - José Manuel Neto na guitarra Portuguesa, Carlos Manuel Proença na viola de Fado e Paulo Paz no contrabaixo - e o público aguarda, rostos espectantes a meia-luz. A escuridão cai sobre a sala, como uma cortina que encerra a peça, e eis então que esta começa.A voz de Camané, sem instrumentos que a acompanhem, envolve tudo, véu acapella que desliza com certeza sobre o tema Complicadíssima Teia. O silêncio absoluto não se quebra, permanece até que Camané termina e a claridade regressa, acompanhada por um rugir de palmas. Isto é espectáculo.Já Carlos do Carmo disse que existe em Camané o Fado, uma postura que não se consegue (...)