Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contador D'Estórias

Um blog com estórias dentro.

Contador D'Estórias

Um blog com estórias dentro.

Ter | 24.03.15

Onde Mora O Fado

Carina Pereira
Numa das minhas excursões pelo youtube este fim-de-semana, apaixonei-me pelas desgarradas e pumba! escrevi a letra para uma. Não deixa de ser um Fado.Não consigo encontrar acordes para a música por isso talvez volte mais tarde para deixar aqui a gravação da música, talvez não. No entretanto, deixo a letra. Espero que gostem.*O Fado não tem moradaAnda vadio pela ruaMora dentro da saudadeQue eu sinto de ser tua
Vai andando por ruelasDe encontro ao meu desalentoVem para que eu fale de tiVai-me matando por dentro
E eu canto à desgarradaCanto mesmo sem saberCanto das coisas que eu sintoE a falar não sei dizer
Ponho os queixumes no FadoE a cantar sou felizSe não me querem amoresO Fado sempre me quis
Só é do Fado quem ousaCom este Fado viverQuem põe seu fado no FadoÉ Fadista até morrer*E, enquanto estamos no tópico das desgarradas, aconselho-vos a darem uma vista de olhos e escuta de ouvidos neste vídeo onde Katia Guerreiro, Rodrigo Costa Felix e Marco Rodrigues acompanham a guitarrista Marta Pereira Da Costa.

Carina Pereira

Edição: A letra deste Fado foi ligeiramente alterada por uma questão de correcção da métrica. Agradeço imenso ao Prof. João Alberto Roque, do blog Infantilidades, toda a ajuda que me deu!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.