Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contador D'Estórias

Um blog com estórias dentro.

Contador D'Estórias

Um blog com estórias dentro.

Seg | 05.01.15

Brinquedo

Carina Pereira
Como prometido há duas semanas atrás, - e já o Rui Veloso dizia que o prometido é devido - aqui está a gravação da música "Brinquedo" - muito crua - cantada por mim e sem instrumentos musicais, porque não sei tocar nenhum. Para saberem mais sobre a música fica aqui o link para o post original. Letra e música são - para o bem ou para o mal - minhas. A voz, com as desafinações bastante notórias do início, também.Deixo a letra aqui mais uma vez, por baixo do link de áudio.Brinquedo*Roubas-me a camisa e sorris atrevidaE no entretanto levas-me o coraçãoE eu feito patetaFico a fazer contas à vidaVou atrás de ti quer queira quer nãoRasgas-me o fatoDeixas-me de rastosE de seguida desapareces na noiteE eu fico sozinhoA querer algum carinhoSou um brinquedo nos teus dedos ágeis
Vais quando te fartas, voltas sem remorsoE fazes de mim um trapo gasto e usadoEu vejo-te partir e espero-te ansiosoRenego o aviso do coração queixoso
Um dia hei-de dizer-te adeusFechar a porta, encerrar a nossa históriaMas hoje não, hoje quero-te minhaVê se não te demoras
Danças com ele a olhar para mimMas quando te imploro negas-me o pedidoFico sozinho até a música cessarDepois vou para casa, gélido, morto, feridoBates à porta sempre de mansinhoE entras no meu peito em bicos de pésVens com o seu cheiro amar-me em torvelinhoTu és a lua e eu uma maré
Sou brinquedo nas tuas mãos hábeisManuseias-me sem qualquer cuidadoE quando eu me ponho inteiroLá vens tu de novo para fazer mais estrago
Um dia hei-de dizer-te adeusFechar a porta, encerrar a nossa históriaMas hoje não, hoje quero-te minhaTodinha, fora de horas,Vê se não te demoras

Carina Pereira

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.