Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contador D'Estórias

Um blog com estórias dentro.

Contador D'Estórias

Um blog com estórias dentro.

Sab | 14.03.15

Erro Crasso

Carina Pereira

Saiu de casa de manhãzinha

Carregando um guarda-chuva de sonhos e possibilidades;

Quando à noite voltou

O guarda-chuva não passava de um guarda-chuva.

Cresce, disseram-lhe,

E ela questionou-se porque, para crescer,

Tinha de matar tudo o que era sonho.

Pegou em gotas de chuva e fez um par de brincos

E todos a invejaram,

Sem se darem conta de que a chuva estava alí

À mão de semear.

De manhãzinha diziam-lhe:

Podes ser o que quiseres;

À noite bradavam: Cresce.

Cresceu

Erro crasso.

Carina Pereira, 14 de Março de 2015

in "Raízes"

Sab | 14.03.15

Erro Crasso

Carina Pereira

Saiu de casa de manhãzinha

Carregando um guarda-chuva de sonhos e possibilidades;

Quando à noite voltou

O guarda-chuva não passava de um guarda-chuva.

Cresce, disseram-lhe,

E ela questionou-se porque, para crescer,

Tinha de matar tudo o que era sonho.

Pegou em gotas de chuva e fez um par de brincos

E todos a invejaram,

Sem se darem conta de que a chuva estava alí

À mão de semear.

De manhãzinha diziam-lhe:

Podes ser o que quiseres;

À noite bradavam: Cresce.

Cresceu

Erro crasso.

Carina Pereira, 14 de Março de 2015

in "Raízes"