Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contador D'Estórias

Um blog com estórias dentro.

Contador D'Estórias

Um blog com estórias dentro.

Qui | 12.03.15

Fazer De Conta (E Viveram Felizes Para Sempre)

Carina Pereira
E aqui está a música, para acompanhar a letra.Bem sei que a minha tocadela de guitarra é tosca, muito tosca, e muito aselha. Mas queria, além de vos deixar a letra, deixar-vos a melodia. Por isso, e embora me demore ainda a trocar entre C's e G's, achei que valia a pena fazer a gravação acompanhada à guitarra. Perdoem-me quando fico ali agarrada à palavra, à espera que os meus dedos encontrem as cordas, e perdoem-me também quando esses mesmos dedos não tocam onde deviam. Entre voz, guitarra, e ler uma letra que ainda não decorei na totalidade, isto foi o melhor que consegui fazer para já.Deixo aqui também os acordes, juntamente com o poema. Só coloquei nos primeiros versos porque depois repete sempre. Eu disse que escrevi uma música, não prometi que fosse uma genialidade de composição (cliquem no link abaixo para ouvir.)Fazer De Conta*C                 EmEla chegou, carregando a vidaAm                                     GAfogou a sorte num copo de ginC                 EmEle a olhou, procurando um norteAm                                    GUma âncora, um amor sem fimC                         EmNão lhe falou, não lhe disseAm                         G“A minha vida, fá-la tua”C                         EmE ela chorou nas pedras da calçadaAm                              GFoi vender amor para a rua
C           Em          AmVem, esta noite faz assimC           Em          AmAndamos os dois à toaC           Em          AmNenhum sabe bem viverC           Em        AmVamos fazer de conta
Ele chegou, carregando a vidaVazia, tão vazia de certezasEla o olhou, despedaçando a solidãoQue se sentara com ela à mesaE partiram para um outro depoisPara um final sem final algumEle lhe disse “A minha vida, fá-la tua”Ela fez dele o seu lugar-comum
Vem, esta noite faz assimAndamos os dois à toaNenhum sabe bem viverVamos fazer de contaVem, esta noite faz assimAndamos os dois à toaNenhum sabe bem viverPodemos fazer de conta
Qui | 12.03.15

Fazer De Conta (E Viveram Felizes Para Sempre)

Carina Pereira
E aqui está a música, para acompanhar a letra.Bem sei que a minha tocadela de guitarra é tosca, muito tosca, e muito aselha. Mas queria, além de vos deixar a letra, deixar-vos a melodia. Por isso, e embora me demore ainda a trocar entre C's e G's, achei que valia a pena fazer a gravação acompanhada à guitarra. Perdoem-me quando fico ali agarrada à palavra, à espera que os meus dedos encontrem as cordas, e perdoem-me também quando esses mesmos dedos não tocam onde deviam. Entre voz, guitarra, e ler uma letra que ainda não decorei na totalidade, isto foi o melhor que consegui fazer para já.Deixo aqui também os acordes, juntamente com o poema. Só coloquei nos primeiros versos porque depois repete sempre. Eu disse que escrevi uma música, não prometi que fosse uma genialidade de composição (cliquem no link abaixo para ouvir.)Fazer De Conta*C                 EmEla chegou, carregando a vidaAm                                     GAfogou a sorte num copo de ginC                 EmEle a olhou, procurando um norteAm                                    GUma âncora, um amor sem fimC                         EmNão lhe falou, não lhe disseAm                         G“A minha vida, fá-la tua”C                         EmE ela chorou nas pedras da calçadaAm                              GFoi vender amor para a rua
C           Em          AmVem, esta noite faz assimC           Em          AmAndamos os dois à toaC           Em          AmNenhum sabe bem viverC           Em        AmVamos fazer de conta
Ele chegou, carregando a vidaVazia, tão vazia de certezasEla o olhou, despedaçando a solidãoQue se sentara com ela à mesaE partiram para um outro depoisPara um final sem final algumEle lhe disse “A minha vida, fá-la tua”Ela fez dele o seu lugar-comum
Vem, esta noite faz assimAndamos os dois à toaNenhum sabe bem viverVamos fazer de contaVem, esta noite faz assimAndamos os dois à toaNenhum sabe bem viverPodemos fazer de conta
Qui | 12.03.15

One Million Lovely Letters

Carina Pereira
Já ouviram falar?O projecto é umas das coisas mais simples e altruístas de que já ouvi falar e tem uma história emocionante por trás. É um pouco o usar as adversidades que aparecem no caminho para construir castelos com as pedras em que tropeçamos.Jodi Ann Bickley, a criadora do projecto, é uma rapariga Inglesa de 26 anos que em 2011 viu a sua vida mudar radicalmente por causa de uma infecção cerebral. Apesar de todas as dificuldades, Jodi, com tempo livre nas suas mãos, resolveu criar uma forma de se manter activa enquanto levava a outros um pouco de toda a força e apoio que ela própria necessitava. Para isso, criou o blog One Million Lovely Letters (o blog está no wordpress) que é um ponto de encontro entre pessoas que têm palavras para oferecer e aquelas que precisam de as ouvir. Qualquer um, num momento menos bom da vida, pode recorrer ao blog e desabafar, contar a sua história, falar do que o preocupa. Em troca recebe uma carta encorajadora.O projecto cresceu tanto e teve tanto sucesso que o que era um simples blog com uma maravilhosa intenção tornou-se numa enorme fonte de inspiração, e num projecto a tempo inteiro.Jodi, de Birmingham, controla as operações. Qualquer um se pode voluntariar (desde que fale e escreva em Inglês) para fazer parte deste projecto.No final do ano passado, quando o blog se atravessou no meu caminho, resolvi mandar um e-mail a Jodi, não em busca de palavras de afecto, mas para oferecer as minhas e, quem sabe, tornar o dia de alguém melhor. Este mês devo já começar a responder a cartas, tenho só de enviar um documento de confidencialidade, visto que me vão ser confiados nomes e moradas. Assim que tiver escrito para as pessoas que me forem atribuidas, envio as mensagens para Jodi e ela trata de fazer as cartas chegarem a bom porto.Para se tornarem voluntários, fazerem donativos (Jodi é quem compra os selos visto que cartas são enviadas por correio normal e não electrónico, por isso as donações são sempre bem-vindas,) ou até mesmo se precisarem também de algumas palavras de afecto, podem visitar o blog aqui.

Carina Pereira

[embed]https://www.youtube.com/watch?v=QXxglvEMUQc[/embed]

Qui | 12.03.15

One Million Lovely Letters

Carina Pereira
Já ouviram falar?O projecto é umas das coisas mais simples e altruístas de que já ouvi falar e tem uma história emocionante por trás. É um pouco o usar as adversidades que aparecem no caminho para construir castelos com as pedras em que tropeçamos.Jodi Ann Bickley, a criadora do projecto, é uma rapariga Inglesa de 26 anos que em 2011 viu a sua vida mudar radicalmente por causa de uma infecção cerebral. Apesar de todas as dificuldades, Jodi, com tempo livre nas suas mãos, resolveu criar uma forma de se manter activa enquanto levava a outros um pouco de toda a força e apoio que ela própria necessitava. Para isso, criou o blog One Million Lovely Letters (o blog está no wordpress) que é um ponto de encontro entre pessoas que têm palavras para oferecer e aquelas que precisam de as ouvir. Qualquer um, num momento menos bom da vida, pode recorrer ao blog e desabafar, contar a sua história, falar do que o preocupa. Em troca recebe uma carta encorajadora.O projecto cresceu tanto e teve tanto sucesso que o que era um simples blog com uma maravilhosa intenção tornou-se numa enorme fonte de inspiração, e num projecto a tempo inteiro.Jodi, de Birmingham, controla as operações. Qualquer um se pode voluntariar (desde que fale e escreva em Inglês) para fazer parte deste projecto.No final do ano passado, quando o blog se atravessou no meu caminho, resolvi mandar um e-mail a Jodi, não em busca de palavras de afecto, mas para oferecer as minhas e, quem sabe, tornar o dia de alguém melhor. Este mês devo já começar a responder a cartas, tenho só de enviar um documento de confidencialidade, visto que me vão ser confiados nomes e moradas. Assim que tiver escrito para as pessoas que me forem atribuidas, envio as mensagens para Jodi e ela trata de fazer as cartas chegarem a bom porto.Para se tornarem voluntários, fazerem donativos (Jodi é quem compra os selos visto que cartas são enviadas por correio normal e não electrónico, por isso as donações são sempre bem-vindas,) ou até mesmo se precisarem também de algumas palavras de afecto, podem visitar o blog aqui.

Carina Pereira

[embed]https://www.youtube.com/watch?v=QXxglvEMUQc[/embed]